terça-feira, junho 15, 2004

Esse é o cara...

Em entrevista a uma revista croata, o roqueiro norte-americano Lenny Kravitz revelou seu lado tiete e disse que guardou, por um ano, parte de um cigarro de maconha que dividiu com o inglês Mick Jagger.

À revista "Gloria", Kravitz disse que guardou o baseado como lembrança, por ser um grande fã da banda de Jagger, os Rolling Stones.

"Nós estávamos tocando no mesmo palco uma vez e ele me convidou para irmos até sua casa", disse o cantor norte-americano à revista, segundo o site Ananova.

"Nós conversamos por toda a noite e fumamos maconha. Dividimos um baseado e eu guardei o resto por quase um ano, em sinal de respeito".

Porém, o "respeito" de Kravitz durou até certa noite, quando percebeu que não tinha maconha em sua casa e acabou fumando o restante do que havia divido com o stone um ano antes.

Vejam aqui...