quarta-feira, junho 02, 2004

Poetas são como índios na cidade...

E eu dançando pareço um índio com o caximbo da paz na mão... abençoando os amigos...
Tenho medo de ter me tornado uma pessoa que temia ser...