quinta-feira, abril 14, 2005

Indo pra facul...

Sempre a mesma coisa...
- Estou saindo de casa às 6:14hs e os mesmos de todo dia já estão no posto abastecendo os carros...
- Incrível como a lotação que eu pego passa sempre às 6:15hs e com o mesmo motorista...
- Chegando no terminal Parque D. Pedro II sempre tem a mesma mina na entrada gritando:"TAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA..... pióca fresquinha!"
- Aí eu vou pra fila do ônibus que tenho que pegar e as mesmas pessoas já estão lá...
- Passeando pelo terminal, comecei a reparar em todos que passavam ao meu redor... ninguém reparou em mim. Incrível como quando você insiste com o olhar ninguém olha pra você...
- Há funcionários com pranchetas na mão, anotando e fiscalizando horários de chegada e saída de cada ônibus... tem que ser tudo perfeito!
- Todas as pessoas fazem um esforço tão grande para que o sistema não se quebre... é incrível! TODOS trabalham todos os dias por isso... e eu também, infelizmente...
- As pessoas se conformam com isso... evitam o esforço de raciocínio! Basta obedecer, se enquadrar... basta acreditar (porque é mais cômodo) que estão fazendo a coisa certa e não poderia ser diferente.
- Os grandes também gostam... como dizia Engels, uma multidão que age igual se torna muito mais fácil de manipular... (como aquelas pessoas que dançam axé obedecendo tudo que alguém diz: "...põe a mão na cabeça, dá uma abaixadinha...")
- Eu disse, disse, disse... digredi... e não disse nada... todo dia, tudo igual... que estranho! E como é que o tempo pode passar?

Is my name Truman?

Acho que brisei... mas e aí? Dá licença Vannucci, mas como disse Baudelaire:
"Embriaga-te... do que for..."

Tradução:
"Aliena-te... tudo é isso!"


Que que eu tô falando?????????????????

3 comentários:

Anônimo disse...

E tudo isso, de ver as mesmas pessoas, com mesmo motorista e cobrador, de seguir a linha dos padrões impostos pelo sistema realmente me cansa e me desgasta.

Maldito capitalismo.... que como você disse "é mais facil manipular quando todos agem igualmente"
muito bom o post.

Luís Sérgio Lico disse...

Marx afirmava que a infraestrutura determinava a superestrutura. Hoje sabemos que não é bem assim: uma vez dominante, a superestrutura se perpetua a qualquer custo. Lembrando Sócrates: para uma sociedade um sapateiro só pode fazer sapatos. Ninguém confiaria numa pessoa que além de fazer sapatos, pudesse compor música, achariam que ou não saberia fazer bons sapatos ou seria um péssimo compositor...Parece ser imanente da cultura a estratificação em classes e ofícios. Portanto, a obediência à forma faz desaparecer a essência. Respondi aos seus comentários no post das gravadoras. Dê uma olhada!

Abraços,

Luís Sérgio Lico

somebody disse...

酒店經紀人,

菲梵酒店經紀,

酒店經紀,

禮服酒店上班,

酒店小姐,

便服酒店經紀,

酒店打工,

酒店寒假打工,

專業酒店經紀,

合法酒店經紀,

酒店暑假打工,

酒店兼職,

便服酒店工作,

酒店打工經紀,

制服酒店經紀,

專業酒店經紀,

合法酒店經紀,

酒店暑假打工,

酒店兼職,

便服酒店工作,

酒店打工,

制服酒店經紀,