terça-feira, maio 31, 2005

E eles ficam contentes com a vida decadente que se encerra perante nossos olhos
E eles ficam felizes porque alguém em algum lugar deve estar lutando por nós
E eles trabalham sedados achando que vale a pena ter a roupa nova no Natal
E eles ficam bravos quando mudamos de canal cansado de mentiras no telejornal
E eles perdem horas no espelho pra mostrar aos outros todos os seus desejos
E eles ficam chateados quando fico revoltado com a podridão da ambição

Tem coisa que não se entende, mas por que o que se entende eles não querem entender?