quinta-feira, abril 12, 2007

Olá...

Qual será a do momento, foi embora com o vento...
Comemoro todo dia, so por ser algo agora, um momento...
Ai vem umas chuvas daquelas que invade tudo, completamente invasora. E as vezes é tudo que preciso.
HaHa, uma vontade de rir só pra rir, eu fico feliz só por poder ver tudo aquilo que nem vejo...
E a vida como um picolé no verão vai passando a derreter...
Existe alguma solução, existe alguma coisa errada, existe uma porrada de coisas que nem deveria existir...
Mas assim tento aprender, mas não com toda aquela moral da velha-guarda, com a minha própria...
Vamo lá cantando e passeando por qualquer lugar que nos seja permitido, basta respirar e tossir pra saber...
Com toda essa esperança de dias melhores, faço o momento ser melhor um após o outro. Assim um etérno aprendiz do que vier passar por mim, e tudo vai ficando dentro de mim. Guardado.