segunda-feira, setembro 10, 2007

Morning!

Ter algo a viver, ter coisas pra sorrir...
Mais importante que respirar é inspirar e consumir desejos.
Sonhar com o coração sem ter medo de desilusão!
Sem o sabor do real, sou tão irreal!
Olhos de águia e asas de fogo.
O empenho de voar entre árvoredos gigantes, sentir a brisa leve e quente do verão.
Um pouco de sal na minha água, respiração ofegante agora.

Um ponto fixo, a mira nivelada. Pronto pra saltar e cair!

Quais dos meu anseios me deixam mais perdido?
Qual o sonho novo? O que sonhar de novo?
Um lago cheio de peixes e coisas que não precisam de mim.

A madrugada me disse que eu tenho que dormir.

E disse pra e não me distrair, nem me contrair.


Há uma porta fechada aqui e um cadeado lá!

Agora olhando do alto dessa montanha vejo coisas pequenas lá em baixo, agora vou descer pra ficar lá.