quinta-feira, abril 03, 2008

A ela!

Absurdo é essa Galeria
Esses Absurdos de nossos dias
Da nosso alegria que quase sempre
Contagia

Das problemáticas causas
Dos acasos acontecidos
Por onde nossa vida passa

Do dia embriagado
Da manhã injuriada
Da noite entre a madrugada

Da cerveja do amanhecido dia
Das conversas de saco cheio
Dos dias de trabalho a mesma agonia

Pra essa galeria
Versos tortos e loucos
Pessoas e suas vidas
Ainda nos falta muito
Mas esse "muito" é tão pouco

Saudação esses versos
Simples de dedicação
A um lugar que sem nós
Não teria razão!