sexta-feira, agosto 21, 2009

E temos que definir se é bom ou ruim?

Não as pessoas, mas o que se passa.
E o tempo sempre como uma citação, o tempo aqui passou assim, não foi tão bom e nem ruim. Porém o tempo, o tempo ele passa. Tempos bons, ou pessoas agindo bem?
E sempre é saudade, como foi legal aquela época, éramos felizes e não sabíamos... Para amanhã comentar essa época de agora da mesma forma.
Complicamos a respiração, e a simplicidade ficou complexa, o caminho sempre é tortuoso, difícil e nada atrativo. Ainda que não pareça o que é, ficou submetido, escondido e retardado.
A vontade de se renovar se foi junto com a falta de perspectiva, disfarçada de obrigação e de trabalho. Um misto de sociopatas e zumbis, sociozumbis.
Então já não vou falar das pessoas, apenas de sociozumbis... Onde me encaixo também. Então vamos passar a limpo maneiras de se comportar e não se comportar, sempre faça os dois na hora que der vontade. Essa é a missão de um ser desse calibre, e nunca ouça os outros como se estivessem dizendo a verdade sobre algo, todos são donos da verdade no íntimo, mas sociozumbis não tem tempo pra pensar no que é verdade, no que é bom ou mal, vamos em frente atraindo cada vez mais seguidores, manipulando-os sem de fato o fazê-lo, apenas vivendo vamos mostrando outro mundo, outra face antes escondida. Nossa felicidade é estar juntos, com pensamentos diversos e controversos para o mundo.
Os sociozumbis são aqueles que andam na madrugada onde poucos navegam.
Os que passam por acaso pensam: - Por que? Por quê? Eu tão tranqüilo em minha vida calminha e eles com essa sede toda! Vamos depressa pode ser perigoso.
Isso é o medo, pois ai a curiosidade foi despertada, de alguma forma essa pessoa quis saber qual o motivo de tanta euforia em meio ao quase nada, porque todas as almas sentem a necessidade de expandir, quanto mais a prendemos, mais nos sufocamos deixando escondido o desejo oculto de tentar voar. Mas voar? Não é possível!
Eu disse para não levar a verdade dos outros para dentro de si?
Por que se não jamais fará, qualquer coisa!